BeholderCast 76 – O Temor do Sábio

Bem-vindos aventureiros, hoje bardo e taverneiro recebem o Sr. Basso do Covil de Livros para voltar ao universo mágico de Kvothe. Ouça esse podcast  e se emocione com a história do Segundo Dia, o Temor do Sábio, contada por um bardo épico.

Não deixe de indicar esse cast para todos os seus amigos que não conhecem essa obra, reze para St. Patrick terminar logo o terceiro livro e mande para o nosso e-mail suas teorias, sensações que teve ao ler a obra e se você odeia ou não a Denna!

Ouviu o cast, quer comprar o livro e não sabe como? é só clicar aqui no link da taverna que além de adquirir um livro épico, você ajuda a taverna : O Temor do Sábio

Capa do Cast de Temor do Sábio

 


A taverna ainda possui alguns números de camisetas a venda então se você usa G ou P, não perca sua chance e peça agora mesmo a sua camiseta Dwarf no Barril uma verdadeira armadura para se usar no dia – a – dia.

Essa camiseta de enorme qualidade dá ao portador +3 em carisma, vantagens no teste de blefar, atuação e intimidação. Você pode pedir agora mesmo pelo e-mail: obeholdercego@gmail.com – Nós enviamos para todo o Brasil.

Camiseta Dwarf no Barril

Camiseta Dwarf no Barril

Assine nosso feed: http://podcast.beholdercego.com/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos e jogadores. Monte sua mesa e mande fotos e contos contando um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: obeholdercego@gmail.com

Nas redes sociais somos @obeholdercego no Twitter e Instagram e no Facebook participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast e avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna e nos ajude a continuar crescendo em https://www.padrim.com.br/obeholdercego

Obrigada Padrinhos!

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e estão ajudando a Taverna a crescer!

  • Olavo Montenegro de Souza
  • Almir Rodrigues
  • Emilia Yamamoto
  • Rodrigo Ambrosio Fock
  • Wesley Lube D. Neves
  • Fernando Monteiro
  • Alexandre Takaoka
  • Claudio Klein
  • Bruno Gregorio
  • André Dorte dos Santos
  • Hermes Canhas
  • Pedro Rossini
  • Yuri Travalin
  • Erik Luiz Grenteski
  • Bruno Pelisson Marques
  • Anderson Souza
  • Luiz Felipe Braga da Silva
  • Jonathan Diego Knopf

Ouça também nosso cast sobre Bichos Estranhos 2

BeholderCast 075 – Bichos Estranhos e Gente Esquisita 2

Já foi considerado um Elfo – Paladino, hoje está mais para Meio Elfo – Bardo. Ama gastar a sola do tênis andando com os 4 filhos caninos e se pudesse viveria ao norte do Equador.

5 Replies to “BeholderCast 76 – O Temor do Sábio”

  1. Salve Taverneiro e Bardo.
    Muito interessante esse cast sobre As Crônicas do Matador do Rei. Fico contente de ver vocês divulgando bons livros, mas ao contrário dos participantes do cast, conforme o tempo foi passando, eu fui perdendo o encanto por eles. Não me entendam mal, eu ainda adoro os livros! Quando o Temor do Sábio saiu, eu fui na livraria e comprei na mesma hora. Lembro que passei 2 dias inteiros lendo ele e dormindo poucas horas por noite. Lia escondido no trabalho, em casa, jantava lendo… Tudo pra saber maximizar meu tempo de leitura. Não me arrependo disso, de forma alguma, mas hoje que o hype já passou consigo identificar umas coisas que me incomodam na história.
    1 – O próprio personagem do Kvothe. Por mais que ele passe dificuldades, ele nunca falha, nunca se desvia e sempre consegue tudo da melhor maneira. Ele é “o perfeito”. O mundo sempre conspira a favor dele e acho isso meio cansativo.
    2 – A incessante mania do Rothfuss de ficar preso a universidade. Ele perde 1/3 do começo do livro nela e mais uma boa parte do fim também. Ele enrola extensamente em partes bobas enquanto que em outras, que por si só dariam uma saga incrível, ele resume em uma frase, como é o caso da viagem de barco, que todos citam como um dos maiores feitos dele mas que teve que ser cortado porque o Rothfuss não tem foco e desperdiça tempo com capítulos que não levam a lugar nenhum.
    2.1 Creio inclusive, que essa seja mais uma das razões de porque o Rothfuss não termina o livro. Ele enrolou tanto, encheu tanto linguiça que a históia não andou como deveria e agora ele tem que se virar para tentar encaixar tudo que falta no ultimo livro. Ou cortar partes bobamente como a parte do barco supracitada.
    3 – Não consigo gostar de Denna. De fato, eu meio que detesto ela. Com tantos personagens bons no livro ela parece muito… “sem sal”. A Auri por exemplo, é uma personagem muito melhor e mal aproveitada.
    4 – O Temor do Sábio tem um barriga no começo (já citada) e no meio que é justamente a parte onde tem o Maer e ai até a parte floresta. Só depois quando ele encontra a Feluriana que o livro volta a andar de novo. (Pra no final culminar com ele voltando a Universidade.). De que adianta tem um mundo gigantesco de histórias pra povoar e ficar sempre no mesmo lugar?

    Sobre algumas coisas citadas no cast.
    Se a memória não me engana o Maer é “da casa real” mas a casa do Ambrose é similar em poder, mas em outra parte do mundo. Tanto que, creio eu, uma das coisas que falam que o Kvothe fez é ter matado um Rei. Eu acredito que o Rei que ele vai matar não é o Ambrose, mas alguém (provavelmente do Chandriano) que está dominando o Rei e ai o Ambrose se torna o rei (e acaba a birrinha entre eles), que é totalmente clichê e combina bem com o livro. Fiquei surpreso também que não citaram que a esposa do Maer é na verdade a tia dele como dão a entender no livro.
    – Sobre o Chandriano não matar ele entram algumas questões: Primeiro é o fato de que ele é o “herói perfeito”. Ele não pode morrer para que o livro aconteça (o que gera uma muleta narrativa) mas o principal é que quando iriam matá-lo, um grupo de “seres da luz” apareceu e eles tiveram que fugir. Claro que não levaria nem 1 segundo pra matar ele, mas como ele é o herói, tem que ficar vivo.
    – Esses “seres da luz”, o oposto do Chandriano, são citados nums contos antigos ao longo dos livros, sendo que o líder deles tem ligação direta com o líder do Chandriano, como mostrado numa lenda contada.

    Tem mais coisas pra falar, eu sei que tenho. Mas eu pensei nelas (e fui lembrando) conforme ouvia o cast na minha vinda pra casa e provavelmente esqueci várias. Mas acho que essa mensagem já está longa, então vou me abster de comentar. No mais, digo que gostei de ver vocês falando de livros de literatura fantástica por aqui e que gostaria de ver mais livros sendo tratados no cast de vocês, como a fantástica série “A Roda do Tempo”, ou a também muito boa “Ciclo das Trevas”, ou ainda qualquer coisa do Brandon Sanderson, todos, na minha opinião, melhores que Cronicas do Matador do Rei. Creio ainda que justamente o fato de começar a ler Sanderson que me fez perceber os problemas de escrita que o Rothfuss tem. Denovo: Não considero os livros do Rothfuss ruins (só o Música do Silêncio) mas penso que há outros melhores a serem lembrados. Contudo isso é uma questão de gosto, creio eu

    Se lembrar de mais alguma coisa, faço um novo comentário citando. No mais é isso.
    Continuem o bom trabalho e obrigado.

  2. Putz.. Minha cabeça explodiu com esse cast. Eu li o livro e tou adorando acompanhar o Kvothe, mas quando vcs falaram do baú dele, e que ele provavelmente guardou a essência dele dentro desse baú que ele não consegue abrir… puuuuttzzz.. *mindblow* O.O não tinha me ligado nisso!!
    Parabéns galera!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *