BeholderCast 97 – Clérigos e Deuses – Parte 1

 

Olá aventureiros, bem-vindos a mais um episódio da Taverna do Beholder Cego! Hoje, bardo e taverneiro recebem a ajuda de Rafael Pinho  e Shin, o mestre das miniaturas para falar de um assunto de muita fé!

Pegue seu livro místico, amuleto de poder ou sua cruz de prata e prepare-se para mergulhar na criação dos deuses e em todos os seus aspectos com experiências únicas dos nossos  participantes.

Achou que faltou muita coisa? Não se preocupe que logo sai a parte 2 desse podcast!

E você? usa deuses de algum panteão? Cria seus próprios mestres do destino? Conte pra gente direto no nosso e-mail: contato@beholdercego.com

Copo quebrado1 : O Mestre Rafael, cometeu um pequeno equivoco: Amnese não abençoa o Styx, e sim o rio homônimo.

Copo quebrado 2: O mestre Shin se referiu a um pdf, o nome correto é: Microscope e segue o link dele:

Responda nossa pesquisa e ajude a taverna: CLIQUE AQUI


A taverna ainda possui alguns números de camisetas a venda então se você usa G ou P, não perca sua chance e peça agora mesmo a sua camiseta Dwarf no Barril uma verdadeira armadura para se usar no dia – a – dia, não perca a sua chance!

Essa camiseta de enorme qualidade dá ao portador +3 em carisma, vantagens no teste de blefar, atuação e intimidação. Você pode pedir agora mesmo pelo e-mail: contato@beholdercego.com – Nós enviamos para todo o Brasil.

Camiseta Dwarf no Barril

Assine nosso feed: http://podcast.beholdercego.com/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos e jogadores. Monte sua mesa e mande fotos e contos contando um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: contato@beholdercego.com

Nas redes sociais somos @obeholdercego no Twitter e Instagram e no Facebook participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast e avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna e nos ajude a continuar crescendo em https://www.padrim.com.br/obeholdercego

Obrigada Padrinhos!

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e estão ajudando a Taverna a crescer!
  • Olavo Montenegro de Souza
  • Matheus Belo
  • Almir Rodrigues
  • Emilia Yamamoto
  • Amarilio
  • Thiago Gomes de Miranda
  • Alderico Dias Soares Junior
  • Giovani Vicente
  • Thalisson C. Torres
  • Marcone Ellis Brant Chamone
  • Rodrigo Ambrosio Fock
  • Wesley Lube D. Neves
  • Pedro Henrique Rosa
  • Fernando Monteiro
  • Alexandre Takaoka
  • Claudio Klein
  • Bruno Gregório
  • André Dorte dos Santos
  • Pedro Rossini
  • Yuri Travalin
  • Erik Luiz Grentesk
  • Bruno Pelisson Marques
  • Douglas Jackson Almeida Silva
  • THIAGO EMILIO MARQUES MACHADO
  • Anderson Souza
  • Andressa Busetti Martins
  • Carlos Augusto Francisco Martins
  • Luiz Felipe Braga da Silva

Se você gostou desse cast você vai curtir ouvir esse também:

BeholderCast 026 – Introdução aos Novos mundos

Prix, é a gnoma cozinheira da Taverna. Enquanto o Bardo e o Taverneiro levam todo o crédito por suas idéias, é ela quem trabalha nos fundos da Taverna para o site funcionar. Ama seus 5 filhos caninos, morre de medo de fantasma, adora um Blockbuster bem explosivo e nunca dispensa batata frita!

7 Replies to “BeholderCast 97 – Clérigos e Deuses – Parte 1”

  1. "Clair de oliveira" goblin deus menor dos ladrões e aventureiros conhecido em arton como stink money easy disse:

    Ola mestre taberneiro e honorável bardo assisti o podcast e relembrei dos tempos de um antigo rpg de tormenta, a qual eu um reles goblin conclui dois roubos historicos roubei vectorios o arkmago na sua propria torre em sua fortaleza flutuante, roubei um dos aneis magicos do ark mago do seu propio dedo magico, não contente com esse roubo, me embrei na academia magica do mestre magico da magia o ark mago talude desfarçado de uma promissora estudante seduzi e envenenei o ark mago com um infalivel veneno so esquecimento, na mais notavel boa noite cinderela de arton e então o roubei e deixei uma mensagem com os diZeres em suas costas “roubado por stink money easy.
    E meus amigos fico por aqui mostrando so uma pontinha das façanhas do ladrão que superou o lendário Camaleão, ate outra hora pessoal um forte abraço do ladrão stink money easy p.s. obg pelo dinheiro de suas bolcinhas

  2. AQUI É ZECA, Anão clerigo de Lena.
    Adorei o cast, como. Vai acontecer o cast2 vcs poderiam falar a diferença entre diabos e demônios. Mas não só leal e caótico, a diferença de que diabos foram criados pelos deuses, mas se corroperam…
    Abraços…

  3. Antes mesmo que vocês possam ter notado sua presença uma figura vestindo roupas escuras e um tipo de sobre tudo cor de couro cru atravssa a taverva desviando-se de homens sorridentes, elfos brindandes e anões bêbados e uma ou duas vezes dando passagem para goblis garçons com suas bandejas de ótima cervejas e aromáticas peças de suíno ao ponto.
    Quando já estou no balcão e que finalmente me faço notar….pode-se ver em meu rosto uma barba bem aparada um semblante sorridente uma “cara de alguém confiável “. Com um sorriso me apresento:
    Sou Martins descendente de “Malak quem auxiliou Conan em sua jornada para trazer sua manda de volta mais terminou nada bem…” sou ladino nível 18 (versão de 3.5 kkkk) um nivel para cada ano mestrando …comecei jogando o já quase finado gurps e logo estava no DeD mestrando. Hoje aos 34 anos meu grupo são meus filhos Gabriel (de 9 anos) meio-elfo bardo nivel 2 e Raphael (13 anos) humano ladino nível 6 orgulhoso nas tradições ladinas rsrs.(tbm um nível por ano de jogo) mais fique tranquilo com suas moedas de ouro caro tarveneiro ….pois não se rouba onde se come… e pretende voltar ….frase dita com largo sorriso .
    Quero parabenizamos por tudo quem tens feito pelo rpg nacional inclusive a iniciativa de mostrar que o rpg pode auxiliar pessoas com autismo por exemplo.
    E que tbm quero meu gigante de ferro a vapor rsrs.
    Gostaria de pedir um episódio falando sobre os 3 filmes DeD.
    Dungeons & Dragons – A Aventura Começa Agora
    Dungeons & Dragons 2 – O Poder Maior de 2005
    Elenco de Dungeons & Dragons 3 – O Livro da Escuridão (2012)
    Pago oque consumi e me despeço de maneira cortês . Sumindo entre os clientes da taverna. O bom ladino se esconde bem na vista .

  4. Um ser entra na taverna sorrateiramente, mas não sem se deixar perceber pelo Taverneiro e pelo Bardo. Se coloca em um canto escuro da Taverna, e lá ficou até que o Taverneiro saísse de trás do balcão e fosse ter com ele. E, sem que este movesse um único músculo da face, se fez audível a um dos donos da Taverna.

    Mentalmente.

    “Boa noite, Taverneiro. Sou eu, Drakken Ryuu. Veja o que eu andei aprendendo”.

    E logo o Taverneiro viu que se tratava de um aventureiro draconato de nível 23, 12 como mago (não mais só elemental) e 11 como monge. O Taverneiro percebeu também que Ryuu flutuava alguns centímetros acima da cadeira, o suficiente para não encostar nela e o suficiente para que ninguém percebesse que ele estava fazendo isso, pois suas vestes cobriam a visão de longe.

    E logo o Taverneiro recebeu uma mensagem em sua mente…

    “Este episódio sobre Clérigos foi bem interessante. Divindades são algo a se respeitar, logo logo creio me tornar um clérigo de Wynna, pois a minha magia vem dela e também de Alihanna. Mas a deusa da natureza ainda não me aceita como um de seus clérigos porque eu não sou um adepto de sua magia. Não ainda. Talvez me tornarei mais multiclasse do que eu já sou por causa de seu episódio. Daqui a pouco me tornarei o que alguns chamam de ‘Dragonborn’, uma vez que esse lendário guerreiro fazia de tudo”.

    No momento seguinte o ser se levanta, deixa 15 PO em um saquinho de couro e sai andando, pois ele se alimentou com o porquinho e tomou uma bela caneca de hidromel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *